Blog

Macy´s aposta em provadores inteligentes.

A Macy´s, uma das maiores redes varejistas dos EUA,  está testando provadores inteligentes desenvolvido pela Hointer que é um software robusto end-to-end para os varejistas que estão em todos os lugares e vendem de tudo. Ela aposta na experiência de compra dentro da loja onde o cliente usando o celular seleciona o produto, cor e  tamanho . Em 30 segundos os itens estão à disposição nos provadores inteligentes.

Outro facilitador é que quando algo não se encaixar o consumidor poderá solicitar por aplicativo a peça no tamanho ou cor desejada de dentro do provador, sem precisar do vendedor.
Leia Mais

SPC divulga o índice de satisfação com compras pela internet atinge 93%

Comercio eletrônico mostra que é um dos canais mais seguros de venda, segundo uma  pesquisa nacional realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). A pesquisa ouviu 678 pessoas de todas as 27 capitais brasileiras entre os dias 5 e 8 de janeiro, que fizeram compras virtuais em 2014. A margem de erro do estudo é de 3,7 pontos percentuais para um intervalo de confiança a 95%. Resumimos os principais e recomendamos que acesse na integra https://www.spcbrasil.org.br/imprensa/pesquisas 93% estão satisfeitos com as compras on line. Itens mais vendidos em 2014 eletrônicos, livros e calçados. 12% tiveram problemas com as compras on line. 6% temem não receber produtos específicos e por isso não fazem a aquisição destes itens pela internet.
Leia Mais

O CES 2015, evento de inovação tecnológica UD que ocorre em Vegas, traz produtos fantásticos para sua casa e sua vida.

O CES 2015 ocorre em Vegas e reúne diversas empresas de tecnologia e que premia os melhores lançamentos a partir da votação de editores, especialistas de mercado premiando 17 empresas e cinco produtos os mais comentados  nas redes sociais.

Leia Mais

Plataformas: Uns optam pelo “faça você mesmo” outros estão encontrando o que precisam em plataformas prontas.

Existem mais de 100 opções de plataformas no Brasil. Quem começa seu negócio na internet tem grande dificuldade em entender como funciona,  o que atende seu negócio e quais os requisitos importantes na hora contratação. As plataformas presentes entre os 500 maiores e-commerces dos EUA traz a opção do desenvolvimento próprio e plataformas prontas. Veja o ranking abaixo: Magento Oracle (ATG) Demandware IBM Yahoo Ebay Enterprise Micros Systems JDA Software Marketlive NetSuite AspDorNetStorefront Kalio Microsoft Ascentium/Smith Fonte: Internet Retailer 2014
Leia Mais

Express.com é uma rede fast fashion muito antenada com seu público.

A Express. com é uma rede de moda fast fashion que tem 625 lojas físicas em todo o mundo e um e-commerce responsivo e adaptado para o mobile. Desde 2008, ele fatura na casa de U$ 300.000.000 ao ano somente pelo e-commerce.  O perfil é público jovem na faixa dos 20 anos conscientes da moda e que querem estar sempre bem vestidos sem perder muito tempo e sem gastar muito.O valor das peças variam de U$ 10 até U$ 80 dólares.
Leia Mais

A HSN e IBM falam do e-commerce de sucesso e do varejo sem fronteiras.

Ramin Eivaz, SVP Strategic da HSN, fala dos resultados e recursos de tecnologia com a plataforma da IBM em conjunto com Kevin Bishop da IBM. Os recursos foram desenhados conjuntamente com a HSN que sabe claramente o quer, e como chegar lá.  Além de disponibilizar dashboards para tomada de decisões a plataforma integra os diferentes canais de comunicação de forma eficiente. O grupo HSNI é formado pela HSN,  conceituada rede moda com 11 lojas físicas, e a pela Cornerstone  especializada no diretc-to-consumer que representa 68% da receita do grupo e imprime 320 milhões de catálogos/ano. A HSN tem uma forte estratégia no na online que hoje fatura $1.500.000. Mas também tem oito canais de e-commerce. O mobile é um dos principais canais em termos de crescimento aumentando em 20% no último trimestre e já representando 15% de suas vendas.
Leia Mais

A Enjoei.com fatura milhões vendendo peças esquecidas dos guarda roupas.

Vestuário é o que mais vende na internet e certamente é mais difícil para dar um destino quando a peça não combinou com você e acabou encalhada no guarda-roupa. A sacada desde e-commerce foi criar um canal de bom gosto onde as pessoas pudessem vender estas peças e ainda recuperar parte do investimento e não simplesmente doar para uma amiga.
Leia Mais